Educação de São Sebastião é destaque em seminário virtual promovido pela FGV

Notícias Últimas Noticias

O trabalho da Secretaria da Educação (SEDUC) da Prefeitura de São Sebastião foi destaque, nesta segunda-feira (25), do webinário “É errado alfabetizar na Primeira Infância?”, promovido pelo Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais da Fundação Getulio Vargas (FGV CEIPE) pertencente à Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV EBAPE).

A secretária da Educação, Marta Braz, participou como convidada e parceira do CEIPE no projeto “Iniciativa Territórios pela Primeira Infância”, ao lado de Tiana Tapety, secretária de Educação de Oeiras (PI), juntamente com Olinta Cardoso, gerente-executiva de Responsabilidade Social na Petrobras, com o objetivo de discorrer sobre a importância da alfabetização e a primeira infância no debate educacional.

“Foi um encontro muito enriquecedor. Aproveitamos a oportunidade para apresentar algumas das ações desenvolvidas pela rede municipal de ensino, como o projeto Na Onda da Leitura e sua futura integração com a iniciativa Caravana Caiçara, que atenderá em breve alunos de todo o município, oportunizando experiências e vivências aos alunos por meio da literatura, arte e da cultura local”, destacou.        

Na ocasião, o seminário virtual, transmitido no canal da FGV no YouTube, reuniu ainda Claudia Costin, diretora do CEIPE, e os especialistas Augusto Buchweitz, professor da Escola de Ciências da Saúde e pesquisador do Instituto do Cérebro/PUCRS, Maria Regina Maluf, professora da PUC de São Paulo, e Ana Cipriano, pesquisadora do LEPES (laboratório da USP de Ribeirão Preto). O conteúdo pode ser acessado em https://www.youtube.com/FGV.

Projeto Qualificação Direta em Primeira Infância

São Sebastião é um dos quatro municípios do país a receber o projeto piloto ‘Qualificação Direta em Primeira Infância’, desenvolvido pelo CEIPE e ofertado por intermédio da “Iniciativa Territórios pela Primeira Infância”, com a proposta de melhorar a gestão da educação infantil nas cidades contempladas, por meio de ações de qualificação dos secretários municipais de educação e do apoio à equipe técnica das secretarias para a implementação de políticas públicas voltadas à primeira infância, com vistas ao desenvolvimento cognitivo, social e emocional das crianças de 0 a 6 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *